controle de estoque para restaurante

O controle de estoque em restaurante é algo que deve estar sempre em pauta entre as atividades de um gestor desse tipo de estabelecimento. Afinal, o estoque é um fator essencial para o bom funcionamento do negócio e precisa ter uma gestão de qualidade.

O problema é que nem sempre os cursos de gastronomia preparam bem os alunos acerca de atividades de gestão. Por isso, muitos empresários da área de alimentação acabam tendo dúvidas sobre como realizar o devido controle de estoque.

A seguir, vamos listar uma série de itens que devem ser levados em consideração ao fazer um controle de estoque em restaurante. Confira!


Comece com os itens de maior valor agregado

É preciso que você faça uma classificação dos produtos de seu restaurante. Inicialmente, não é necessário ter um controle de tudo, mas sim dos itens que têm maior valor agregado.

Entre os diferentes tipos de classificação, você pode categorizar os produtos em legumes, verduras, produtos perecíveis e não perecíveis etc.

Defina prazos para o controle de estoque em restaurante

Os estoques dos restaurantes costumam ter alta rotatividade, uma vez que os insumos são utilizados diariamente para o preparo dos pratos servidos aos clientes. Por isso, os prazos para o controle de estoque devem ser constantes.

A ideia é os inventários se tornem rotina e que os gestores do restaurante observem os produtos que entram e saem do estoque. Jamais se deve tirar um prato do cardápio por conta da falta de um ingrediente, por exemplo.

Tenha limites para a compra de mercadorias

Quando falamos em controle de estoque em restaurante, não podemos deixar de citar os limites para compra, algo muito importante e que sempre deve ser levado em consideração. Afinal, os desperdícios podem causar grandes prejuízos para o negócio.

O ideal é que sejam comprados produtos semanalmente ou até mesmo diariamente, para o caso de itens altamente perecíveis, como frutas, legumes e hortaliças, que podem estragar se ficarem muito tempo armazenados.

Mantenha o local sempre limpo e organizado

Assim como em todas as outras áreas do restaurante, o estoque precisa ser muito bem limpo e organizado. Além de evitar danos por conta da umidade ou contaminação dos alimentos, a organização e limpeza faz com que os produtos sejam localizados mais facilmente no estoque.

Isso facilita o controle do estoque e a prática de técnicas como a PEPS, que diz que o “primeiro que entra é o primeiro que sai”, quando se refere ao fluxo de entrada e saída em um sistema de armazenagem.

Utilize uma plataforma digital para otimizar os processos

A tecnologia deve ser vista como uma aliada para os gestores de restaurantes, pois facilita muito a gestão das atividades corriqueiras do dia a dia, como a organização do estoque.

Existem ferramentas, como softwares de gestão, que possibilitam o correto controle de estoque em restaurantes, de forma prática e automatizada, garantindo mais qualidade e lucratividade para o seu negócio.

O Menu Control é um exemplo desses softwares que, além do controle de estoque, também pode fazer a precificação das receitas, elaboração de fichas técnicas, entre outras atividades. Entre em contato conosco e saiba mais!

Guilherme Soares

Guilherme Soares

É fundador do Menu Control e empreende no ramo gastronômico a 15 anos.
Guilherme Soares